Inadimplente — Alberto da Cunha Melo

A falta de dinheiro dói

mais que a solidão dos ateus,

mais, muito mais que a falta de ar,

mais mesmo, que a falta de Deus;

porque aqui tua alma se estiola

na vil piedade da esmola,

abismo é um bolso vazio,

e a tristeza vira rancor,

deste animal com febre e frio

Como esta lâmina escondida

que dorme dentro da ferida.

Anúncios

Ouse dizer o que pensa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s