Atos 17 (trecho)

Certa vez, um amigo pastor me apresentou esse trecho da bíblia e, desde então, jamais deixei de voltar a ele.

“17 – E, enquanto Paulo os esperava em Atenas, o seu espírito se comovia em si mesmo, vendo a cidade tão entregue à idolatria.
18 – De sorte que disputava na sinagoga com os judeus e religiosos, e todos os dias na praça com os que se apresentavam.
19 – E alguns dos filósofos epicureus e estóicos contendiam com ele; e uns diziam: que quer dizer este paroleiro? E outros: parece que é pregador de deuses estranhos; porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição.
20 – E tomando-o, o levaram ao Areópago, dizendo: poderemos nós saber que nova doutrina é essa de que falas?
21 – Pois coisas estranhas nos trazes aos ouvidos; queremos pois saber o que vem a ser isto
(Pois todos os atenienses e estrangeiros residentes, de nenhuma outra coisa se ocupavam, senão de dizer e ouvir alguma novidade).
22 – E, estando Paulo no meio do Areópago, disse: homens atenienses, em tudo vos vejo um tanto supersticiosos;
23 – Porque, passando eu e vendo os vossos santuários, achei também um altar em que estava escrito: ao deus desconhecido. Esse, pois, que vós honrais, não o conhecendo, é o que eu vos anuncio.
24 – O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens;
25 – Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas;
26 – E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação;
27 – Para que buscassem ao Senhor, se porventura, tateando, o pudessem achar; ainda que não está longe de cada um de nós;
28 – Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: pois somos também sua geração.
29 – Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens.
30 – Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam;
31 – Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.
32 – E, como ouviram falar da ressurreição dos mortos, uns escarneciam, e outros diziam: acerca disso te ouviremos outra vez.
33 – E assim Paulo saiu do meio deles.”

Nota: citação via Bíblia online.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Atos 17 (trecho)

  1. Oi, Bruno, sou Geraldo, lembra?

    Como passei a acompanhar suas postagens, vi essa sobre a bíblia e, assim como o “mhmdngshm” (nem sei se errei o nome!), fiquei curioso acerca de seu interesse no texto.

    Mas, chamou-meu a atenção também duas outras coisas: primeiro, o próprio comentário feito a sua postagem, destacando a palavra “supersticiosos”, segundo, o texto que você usou (acho que é uma tradução protestante, precisamente, Almeida Revista e Corrida).

    Acho que a palavra “supersticiosos” não uma boa tradução. Tem uma conotação negativa e, acredito, não foi esse o sentido empregado no contexto. Basta observar que, de acordo com o texto, Paulo usa isso como estratégia para persuadir à sua fé os atenienses. Se a expressão tivesse um sentido pejorativo, como o é em nosso contexto, ele (Paulo) seria rejeitado logo de primeira.

    Outra: a palavra grega traduzida por “supersticiosos” é uma daquelas que, em TODO O NOVO TESTAMENTE, só aparece aqui. Desta forma, não dá pra comparar como ela é traduzida noutros contextos. O adjetivo, ao meu ver, foi melhor traduzido, por exemplo, na Bíblia de Jerusalém: “Sois os mais religiosos dos homens”, e na Bíblia do Peregrino: “sois extremamente religiosos”.

    Abraço.

    • Rapaz, tu é meu brother, não precisa se identificar não, hahaha

      Achei interessante sua correção, ela torna o texto mais interessante que uma simples visão arrogante de Paulo a respeito dos filósofos.

      Eu não disponho de nenhum conhecimento de línguas antigas (exceto um nadinha de latim) e leio a bíblia como um leigo ex católico, mas gosto bastante do antigo testamento e do judaísmo. Pouco conheço do novo.

  2. Mano é até engraçado ler “homens atenienses, em tudo vos vejo um tanto supersticiosos;”. O cara acredita em Deus e chama os atenienses de supersticiosos. Hahahaha!

    Mas meu caro amigo Bruno, por que você se volta a esse trecho com recorrência?

    • Em parte por causa desse contexto todo das filosofias conflitando ali, mas principalmente pelo final:

      “32 – E, como ouviram falar da ressurreição dos mortos, uns escarneciam, e outros diziam: acerca disso te ouviremos outra vez.
      33 – E assim Paulo saiu do meio deles.”

      Enquanto o Paulo fala de deus e coisas que podem ser transformadas em princípios filosóficos, os filósofos o escutam, mas quando ele começa com o papo de ressurreição, aí a pregação encontra um limite. Acho interessante que a bíblia tenha esse registro de que a fé não é aceita por todos e fracassa em certos lugares por razões específicas. Nesse caso, ela fracassa por causa da filosofia.

Ouse dizer o que pensa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s